Com as tags: Natureza RSS

  • Permalink | Responder

    Escape: um lugar serenoby Pat

    10 May 2013Tags: , Mães, Natureza  

    Hoje, se pudesse escolher, adoraria poder escapar para um lugar assim como o da foto. Um lugar sereno, acolhedor e com jeito de home sweet home. Um lugar onde a natureza me enchesse os olhos e harmonizasse o meu ser.  

    Hoje, se pudesse escolher, adoraria passar o dia como filha e sentar-me ao lado de minha mãe, que não vejo já faz algum tempo, e segurar sua mãozinha e ali ficar, bem juntinhas. Saudades!  

    Ah, se pudesse escolher…

    Love, Patflor

    Neste domingo, celebre muito a sua mãe!

     
  • Permalink | Responder

    Passeio: Meditation Gardenby Pat

    18 February 2013Tags: , Meditacao, Meditation Garden, Natureza, Oração  

    Sempre que vou a Encinitas (uma das cidades de San Diego) durante o dia, faço questão de visitar o Meditation Garden, lugar perfeito para quem procura paz e quietude. São jardins cheios de flores, plantas e árvores de espécies variadas. Ao longo das escadas das pequenas trilhas há bancos em cantinhos retirados, envoltos por folhagens, onde se pode meditar, rezar ou ouvir o silêncio da natureza ao seu redor. Um pouco mais acima existem dois laguinhos e uma cachoeirinha com áreas para se descançar ou observar os peixes coloridos. Quando se chega ao topo, a vista é o oceano, intermitente e majestoso. É onde fica o famoso ponto de surf Swami’s beach. Dessa vez, o passeio foi mais especial ainda, pois minha flor, Paula, estava comigo!

    O Meditation Garden faz parte do templo Self-Realization fundado por Paramahansa Yogananda,  em 1937. Os jardins estão abertos ao público em geral, é grátis e sem nenhuma direção religiosa. É apenas um lugar sereno, no meio da correria da cidade e da alta voltagem de nossas rotinas, onde a natureza é forte e nos convida a uma pausa para respirarmos fundo e nos harmonizarmos.

    Love, Patflor

    Meditation Garden
    215 K Street
    Encinitas, CA 92024

     
    • kathleen joy Waddell 18 February 2013 Permalink | Responder

      Q lugar Maravilhoso!!!!!…show de passeio!!!!…bjkas

      • patflor 18 February 2013 Permalink | Responder

        Que bom que gostou! Esse lugar transmite muita paz!!! Super beijo!

    • Fabio 21 February 2013 Permalink | Responder

      Lugar lindo. Com otima energia fluindo. Assino embaixo :)

  • Permalink | Responder

    Salas sem paredes…by Pat

    15 June 2012Tags: Ar livre, Atividades, Natureza  

     

     

    Um lugar para  uma pausa, uma soneca ou uma prece. Um lugar para contemplação.

    Um lugar para reuinir a família e os amigos.

    Um jardim exuberante.

    Não importa, deixe o sol entrar!

     Nossa definição de natureza precisa ser mais abrangente. Precisamos deixar de lado a idéia de que a natureza está lá fora, lá longe, que é um lugar que temos que ir visitar e nos deslocar para experienciar. Precisamos repensar e redefinir nosso contato com a natureza em nossa vida urbana e criar oportunidades para nos re-conectar e permitir que a natureza nos ajude a equilibrar nossos dia-a-dias pra lá de dinâmicos. Acredito que o espaço mais imediato seja onde moramos, o nosso canto. Você pode trazer a natureza para dentro de casa não só através de flores, plantas e objetos, mas na escolha das cores para sua decoração inspiradas em mar, sol e areia, por-do-sol, arco-íris, folhagens, enfim, há uma paleta bem vasta. Se você tem uma varandinha, mesmo que no último andar do seu prédio, sinta-se privelegiada! Um tapete, uma poltrona bem confortável, uma mesinha, velas, e vasinhos transformarão o pequeno espaço, elevando-o à categoria de santuário. Se não tem o “dedo verde”, não tem problema, ao invés de vasinhos, compre uma fontezinha, daquelas elétricas, que faz borbulhinho. Se seu espaço é maior, pense em sua função, quer usá-lo para bate-papos, refeições, churrascos, assim fica mais fácil de definir a posição dos móveis, sem desperdiçar nenhum milímetro dessa área tão preciosa.

    Crie um espaço onde você encontre serenidade e alegria, pois isso gera plenitude. A conexão emocional com a natureza desenvolve a curiosidade e a paixão, raízes para toda forma de aprendizado – guarde isso se você tem filhos. Já que mencionei as crianças, lembra do tempo em que tinhamos energia sem fim, brilho nos olhos e sorriso fácil? Pois é, não passou, ainda está aí! Concentre-se nos simples prazeres da vida: vá construir castelinhos de areia e catar conchinhas na praia, colher flores e frutas no campo, contar as estrelas no céu, ver os patinhos nadando no lago do parque – é, você mesma, assim marmanja, vai ser super legal. Vai lá!

    Há coisas na vida que só acontecem uma vez, e que nunca mais acontecerão do mesmo jeito novamente. Não as deixe passar…

    Love, Patflor

     
c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
shift + esc
cancelar