Com as tags: San Diego RSS

  • Permalink | Responder

    Brazilian Day San Diego 2013by Paula

    11 September 2013Tags: , , San Diego  

    Celebrando a independência do Brasil, muitas cidades nos EUA organizam uma festa brasileira, o Brazilian Day.

    San Diego, que tem uma das maiores comunidades brasileiras nos EUA, não podia ficar de fora. Em sua 6a edição, idealizado pelo mestre de capoeira, Paulo Batuta, o Brazilian Day San Diego 2013 superou expectativas! Milhares de pessoas, brasileiros ou nao, lotaram a avenida principal em Pacific Beach, dando um show de alegria. Além de divulgar um pouco da nossa cultura, é uma grande oportunidade para matar a saudade da música, comidas típicas, fazer novas amizades e praticar o português para não enferrujar.

    Dois palcos levantaram a galera com shows de todos os ritmos e dancas coreográficas. O desfile cheio de cores encantou a todos com sua diversidade. Adultos e crianças curtiram um dia completo que foi fechado com chave de ouro ao som da banda carioca (que eu amo) Monobloco!

    IMG_5181 IMG_5205 IMG_5241 IMG_5194 IMG_5184 IMG_5176 IMG_5209 IMG_5235 IMG_5199 IMG_5251 IMG_5263 IMG_5252 IMG_5202 IMG_5210 IMG_5201 IMG_5261 IMG_5239 IMG_5232 IMG_5229 IMG_5221 IMG_5217 IMG_5198 IMG_5196 IMG_5175 IMG_5174

    Quero parabenizar, mais uma vez, ao Paulo Batuta e a todos os colaboradores e voluntários que tornaram esse evento inesquecível. Que venha o Brazilian Day 2014!

    Love, Patflor

    Veja a lista completa dos artistas que participaram do evento e mais informações AQUI.

     
  • Permalink | Responder

    ESCAPE: Acampando em Julian, CAby Paula

    26 April 2013Tags: Camping, , , San Diego  

    No fim de semana passado foi a minha vez de escapar para Julian. A poucas semanas minha mãe esteve por lá, lembra? (aqui).

    Eu acampei no parque local Willian Heise, que tem várias trilhas com bichinhos silvestres para todo lado! No fim do dia fui até o centro de Julian para me deliciar com a famosa torta de maçã. Na verdade eu comi a de nozes, que é a minha favorita. Quentinha, com uma bola de sorvete de creme… ai minha dieta! Rodei pelos diversos antiquários, tudo bem simples e pitoresco.

     

    Bom final de semana!

    Love, Patflor

     
  • Permalink | Responder

    Curiosidades Americanasby Paula

    19 April 2013Tags: San Diego  

    Essa semana, um dos top compartilhamentos nas redes sociais foi o bem-humorado texto sobre os hábitos dos brasileiros visto pelo francês, Oliver Teboul, que mora em BH (aqui). Me diverti muito lendo e comecei a pensar nas coisas que me surpreenderam assim que me mudei para os EUA, em 2010, e resolvi entrar na brincadeira.

    Só para esclarecer: os pontos levantados a seguir são apenas a minha opinião, baseada em minhas experiências vividas em San Diego, sem a intensão de ofender ninguém. Tenho consciência que muitos dos fatos não se aplicam a todos ou a outras cidades dos EUA.

    -   Em San Diego, poucos americanos são loiros, branquelos, de olhos azuis. Poucas, também, são as mulheres com seios grandes,

    -   Em San Diego, as pessoas fazem exercícios físicos diariamente, evitam fast food e não são obesas,

    -  Em San Diego, as pessoas vão à praia de roupa em qualquer época do ano, inclusive no verão. No inverno, vão de moletom e tênis! Homens não usam sunga. Sunga é  coisa de europeu. As mulheres usam calçolão, mas isso não é  nenhuma novidade. Todos acham que biquini brasileiro é fio dental, ninguém parece entender o conceito do meio termo. Na praia é proibido o consumo de bebida alcoólica, não existem vendedores ambulantes e se você não levar comida de casa vai morrer de fome. São poucos os americanos que conseguem ficar quietos por mais de 5 minutos na praia. Estão sempre inventando o que fazer. A praia é lugar de jogar bola de futebol americano um pro outro, frisby, ferradura de cavalo, bocci ball, etc. A água do mar parece uma piscina de gelo, eu só consigo dar um mergulho 2x por ano, mas as crianças se esbaldam (não sei como não morrem de hipotermia!),

    -  Em San Diego, você chega em qualquer lugar em 15 minutos. E se demorar mais do que isso, reclamam do trânsito. Isso é porque eles nunca enfrentaram a ponte Rio-Niterói ou a Avenida Paulista. Isso sim é que é trânsito!

    -   Em San Diego, as pessoas respeitam as leis de trânsito. No sinal de “PARE”, elas param mesmo. Nas esquinas, pedestres têm a preferência e eles saem atravessando mesmo, os motoristas tem que estar sempre atentos. No sinal vermelho podemos virar à direita se não tiver vindo carro. As ruas são largas e as pessoas dão distância entre um carro e outro. Os sinais de trânsito tem sensores que fazem o sinal abrir para você imediatamente se não tiver outro carro vindo na direção oposta. Por incrível que pareça, mesmo com tanto respeito com as leis, ninguém usa seta!

    -  Em San Diego, todo lugar público tem muitas vagas para deficientes, e nenhum deles fica em casa. São todos muito ativos.

    -  Em San Diego, as pessoas não colocam ketchup em pizza, cachorro-quente é pão com salsicha (não tem molho), Mc Donald’s só é frequentado por morador de rua, idosos ou estrangeiros.

    - Em San Diego, muitas pessoas são germofóbicas, nunca vi tanta frescura junta. Ninguém divide canudo com ninguém, se você morder a batata frita não pode colocar de novo no molho (double dipping), todo lugar público tem álcool em gel espalhados pra todo lado, eles tossem colocando o cotovelo na frente da boca para não contaminar as mãos, mas por outro lado e apesar de tanto cuidado, comem tudo com as mãos, não usam guardanapo para segurar nada. Aliás, em geral, não se usa porta-guardanapos nas mesas de restaurantes. Mesmo em restaurantes mais simples, você só ganha um de papel para colocar no colo. Se quiser mais, tem que pedir!

    -  Em San Diego, ao conhecer alguém eles dão aperto de mão. Ninguém dá 2 beijinhos, mesmo amigos. No máximo um abraço esquisito meio de lado.

    -   Em San Diego, quando conhecemos um brasileiro viramos da mesma família.

    -  Em San  Diego, Brazilian Waxing (depilação brasileira), significa depilar TUDO, não sobra um fiozinho. Não sei da onde saiu esse nome!

    -   Em San Diego, céu azul e sol não são sinônimos de calor. Dizem que aqui tem um dos melhores climas do mundo, mas na verdade é frio pra caramba!

    -   Em San Diego, se você perguntar “tudo bem?”, esteja preparado para qualquer resposta. Mesmo se você não conhece bem a pessoa, ela pode responder a verdade, contar sobre o seu dia dela, etc. Os americanos, em geral, são super amigáveis, educados, sorridentes e prestativos. Porém, as amizades são mais superficiais. Tenho vários amigos americanos, mas nenhum deles é amigo, amigo mesmo, igual somos no Brasil. Ninguém aparece na casa do outro sem avisar, tem que marcar um encontro com pelo menos 1 semana de antecedência.

    -  Em San Diego, é muito difícil conhecer alguém que tenha nascido em San Diego. A maioria é estrangeiro ou americano que se mudou da costa leste para fugir do frio.

    -   Em San Diego, todo restaurante tem que ter prato vegetariano. Mas é impossível encontrar pratos para carnívoros como eu. Todo prato de comida tem que ter alguma salada ou legume. Tenho sempre que mandar tirar alguma coisa! Ainda não descobriram a comida a peso e existe muito desperdício de comida. As mães aqui não falam para os filhos que tem que comer tudo, que não pode deixar sobrar porque tem muita gente com fome no mundo. Se não comer, vai tudo pro lixo mesmo. Pelo menos, é muito comum levar sobra de comida para casa.

    -  Em San Diego, tem gente vestida de tudo quanto é jeito que você imaginar. Ninguém critica ou julga ninguém. A moda é livre. Uma coisa muito comum a todos os americanos é o chinelo. Todo mundo sai de chinelo, até mesmo para trabalhar. Ah, e bonés também.

    -  Em San Diego, ao contrário do Brasil, serviços são caros e coisas são baratas. Você compra um relógio por uma pechincha, mas para ter faxineira tem que gastar a metade do seu salário! Por isso ninguém tem empregada fixa como no Brasil.

    -  Em San Diego, as casas são feitas de madeira, as favelas do Brasil parecem mais resistentes. Para ter uma ideia, você consegue pendurar fotos na parede, usando tachinha (pin)!

    -  Em San Diego, se for convidado para um BBQ (churrasco), significa comida feita na churrasqueira, que raramente inclui carne (demorei muito para entender isso!). O mais comum é hamburguer, cachorro quente (sem molho), frango, etc na grelha. Churrasqueira aqui não tem espeto, muito menos motor giratório. Ninguém usa sal grosso em carne. Nos churrascos, ninguém fica mais do que 5 minutos só conversando. Americano é muito ativo e está sempre inventando algo para fazer. Sempre tem algum jogo rolando e o mais comum deles em churrascos ,é o “Beer-Pong”, onde coloca-se copos de plástico cheios de cerveja fazendo um triangulo de cada lado da mesa e dois grupos tentam acertar uma bolinha de ping-pong no copo. Se acertar o outro time tem que beber. Ganha quem acertar todos os copos primeiro.

    -  Em San Diego, a maneira com que as mulheres dançam juntas nas boates, faz qualquer baile funk parecer convento! E sim, os homens são mais lentos para tomar atitude e te chamam para jantar umas 10x antes de dar o próximo passo. Por outro lado, são extremamente atenciosos, respeitosos, carinhosos. Príncipes!

    -   Em San Diego, os restaurantes fecham as 10pm e as boates as 2am. As pessoas bebem muito e não se surpreenda ao ver gente caindo no chão, literalmente. Se você estiver muito bêbado, os seguranças te põe para fora da boate. Ninguém dirige bêbado. A noite você só vê taxi e carro de polícia nas ruas.

    - Em San Diego, a maioria das pessoas divide aluguel de apartamento com alguém. Casas são muito caras. E apartamento significa um prédio com 2 ou 3 andares. Não existem prédios altos, a não ser no centro da cidade. A maioria dos apartamentos proíbem animais de estimação, mas todo mundo aqui tem cachorro! Não sei como. Os cachorros são tratados como gente. Não podem ficar em casa sozinhos por mais de 4-5hs, são super paparicados e protegidos e a vida do dono gira em torno do cachorro. As pessoas levam o cachorro para passear de 2-3x por dia, mesmo tendo quintal em casa. Todo mundo leva seus cachorros para serem treinados por um profissional, ninguém sabe treinar o cachorro sozinho. Existem muitos parques e praias para cachorros, com bebedouro para cachorro, saquinhos de lixo para coletar dejetos, etc.

    -   Em San Diego, ninguém vai ao banco. Está sempre vazio e os funcionários me chamam pelo nome quando eu entro!

    -   Em San Diego, os bares tem várias televisões, passando todos os esportes imagináveis, menos futebol (soccer).

    -   Em San Diego,  as pessoas cantam “parabéns pra você” em tom de velório, não gritam e não batem palma.

    Essas são algumas diferenças que chamaram a minha atenção. Acredito que não existe certo ou errado, melhor ou pior, são apenas diferenças culturais. Tenho orgulho de ser brasileira e mantenho nossas tradições. Mas San Diego só tem me dado alegrias, com uma qualidade de vida indescritível. Como diria Lulu Santos, “na Califórnia é diferente, irmão, é muito mais do que um sonho”.

    Com certeza esqueci de alguma coisa. Alguém tem algo a acrescentar?

    Love, Patflor

     
    • Siotto 20 April 2013 Permalink | Responder

      Em San Diego, as criancas sao educadas e utilizam sempre palavras como licensa, desculpa, etc.

      Aqui familiares (a maioria deles) quando vem visitar membros da familia ficam hospedados em hotel ao inves da casa da pessoa.

      Aqui tambem, quando a pessoa falece, celebram numa cerimonia a vida dela aqui na terra, quasecomo uma festa, com comes e bebes ao inves do velorio tradicional Brasileiro.

      O falecido tambem nao e enterrado em 24 horas como no Brasil, e a maioria e cremado.

      Aqui adultos e criancas naturalmente arrotam e logo apos pedem licensa.

      Aqui tambem independente do nivel economico, as pessoas sao tratadas de igual para igual como ser humano, casos que ocorrem muito entre empregada domesticas ou babas com suas patroas.

    • Siotto 20 April 2013 Permalink | Responder

      Em San Diego, as criancas sao educadas e utilizam sempre palavras como licensa, desculpa, etc.

      Aqui familiares (a maioria deles) quando vem visitar membros da familia ficam hospedados em hotel ao inves da casa da pessoa.

      Aqui tambem, quando a pessoa falece, celebram numa cerimonia a vida dela aqui na terra, quasecomo uma festa, com comes e bebes ao inves do velorio tradicional Brasileiro.

      O falecido tambem nao e enterrado em 24 horas como no Brasil, e a maioria e cremado.

      Aqui adultos e criancas naturalmente arrotam e logo apos pedem licensa.

      Aqui tambem independente do nivel economico, as pessoas sao tratadas de igual para igual como ser humano, casos que ocorrem muito entre empregada domesticas ou babas com suas patroas.

      • patflor 20 April 2013 Permalink | Responder

        Muito obrigada por ajudar a completar a lista! Hoje me lembrei tambem que em San Diego, os onibus tem horario exato para passar em cada ponto, nunca atrasa e se estiver adiantado, fica esperando. Os motoristas sao educados e dirigem dentro do limite da velocidade. Os onibus tem um rack para colocar bicicletas e rampa para cadeira de rodas ;)

    • Siotto 20 April 2013 Permalink | Responder

      Em San Diego enviam cartao de “Thank You” como forma de agradecimento por algo recebido seja um jantar, uma indicacao, um favor e outros.

      • patflor 20 April 2013 Permalink | Responder

        Isso mesmo! Tambem mandam cartao para desejar feliz aniversario. Ninguem manda cartoes no Brasil em nenhuma ocasiao.

    • Marco di gianvincenzo 30 April 2013 Permalink | Responder

      gostei do mesmo jeito de que gostei do relato do frances e pronto sem polemicas e nada de quem ganhou mais copas do mundo, um abraço e parabéns pelo desenho escrito de San Diego. ( eu pensava que so tivesse gays)

      • patflor 1 May 2013 Permalink | Responder

        haha Muito Obrigada, Marco! E viva as diferencas ;)

    • Kenia 1 May 2013 Permalink | Responder

      Paula meus parabéns !!!
      A cada nova matéria no blog o conteúdo só melhora e me surpreendo com tudo que leio e acompanho rs …. Ando sumida, mas agora com uma nova máquina rs (notebook) acho que conseguirei me atualizar com mais facilidade rs …
      Não conheço San Diego, mas depois depois da sua descrição e relatos fiquei muito curiosa rs …
      Agora entendo um pouco quando você diz que só teve coisas boas maravilhosas nesse novo capítulo da sua vida fora do Brasil.

      • patflor 1 May 2013 Permalink | Responder

        Muito Obrigada, Kenia! Voce eh uma leitora muito querida que nos acompanha desde o comecinho! Ficamos felizes que esteja de volta! Super beijo!

  • Permalink | Responder

    Açaí Brazilian Cafeby Paula

    20 March 2013Tags: , San Diego  

    Já falamos anteriormente (aqui) sobre a fama do açaí ao redor do mundo, não apenas para consumo mas, também, em produtos de beleza, etc. Em San Diego, com tantos brasileiros, não poderia ser diferente. São muitos os cafés e lanchonetes que vendem açaí shake e a famosa tigela de açaí com frutas, mel e granola. Meu lugar favorito é o Açaí Brazilian Cafe, em Pacific Beach. Tudo feito com muito carinho pela proprietária, Fernanda Silveira e com o apoio da Simone. Além do açaí, ela faz bolos divinos, empadas, pão de queijo… hmmm me deu até água na boca! O Açaí Brazilian Cafe também é uma ótima opção para se comprar produtos Brasileiros industrializados. Não deixe de visitar!

    Morar na América, com “sabor brasileiro”, não tem preço!

    Love, Patflor

    Açaí Brazilian Cafe – 4680 Cass StSan DiegoCA (858) 255-8747

     
  • Permalink | Responder

    Dog Parkby Pat

    5 March 2013Tags: cães, Dog park, San Diego  

    Domingo foi dia de tomar conta do cachorro de um amigo da família por quatro horas. Shadow é um labrador adotado, adorável, super dócil e companheiro. Fomos ao Orpheus Park, que é um parque para cachorros em Encinitas, CA. Escolhi o Orpheus Park porque tem horas designadas para os passeios sem coleira/corrente, onde todos os dogs brincam juntos e correm livres.

    O parque tem uma área de gramado macio e verdinho, com leve inclinação no terreno, de onde se avista o oceano, ao longe, do topo. A prefeitura mantém o parque impecável e oferece saquinhos plásticos para a coleta de “resíduos” ocasionais deixados pelos peludinhos e, também, um bebedouro para eles. Além disso, tem um playground em areia para crianças, uma cabana de fibra, mesas para pic-nic, telefone público, mas não tem banheiros.

    As regras do parque são: não é permitido nada de vidro (garrafas, tigelas, etc); é permitido cerveja e vinho e pode ser alugado para festas e comemorações. Ah, e tem rampa para deficientes físicos.

    Para você que quer conhecer:

    • Orpheus Park está aberto das 5 às 22hs, todos os dias
    • Os horários para off-leash são: 2ª, 4ª e 6ª feiras das 6 às 7:30 e das 15 às 20hs. Aos domingos, das 6 às 9hs e das 15 às 20hs.

    Já tivemos muitos animais de estimação no passado e adorei poder matar a saudade do contato e da troca sincera que há na relação entre os animais e nós.

    Uma tarde tranquila, ao ar livre e na companhia do melhor amigo do homem!

    Love, Patflor

    Orpheus Park – 4820 Orpheus Avenue   Encinitas, CA 92024, phone: (760) 633-2740

    *All pictures found in today’s post were taken with the intention of illustrating a family friendly environment. If you or loved ones are in any of them, and you would like to have names linked to any, or yet, have the picture removed, please contact us at: patflor12@gmail.com

     
  • Permalink | Responder

    Dance Brazil in San Diego!by Paula

    4 March 2013Tags: , San Diego,  

    O teatro Copley Symphony Hall apresenta no próximo domingo, DANCE BRAZIL. Um show da fusão do movimento Afro-brasileiro, dança tradicional e contemporânea, capoeira e artes marciais baseadas na dança e música da cultura Brasileira.

    Se você mora ou está passeando por San Diego, poderá ganhar 2 ingressos gratuitos para esse espetáculo!

    Para concorrer, basta curtir as páginas do Facebook, Patflor (aqui) e Brasil-SanDiego (aqui) e escrever nos comentários desse post: “participando”.

    O resultado do sorteio será divulgado em ambas as páginas do Facebook, Patflor e Brasil-SanDiego, na sexta-feira, dia 8 de Março!

    Boa Sorte!

     ——————————————-

    Copley Symphony Hall presents, this coming Sunday, Dance Brazil. The unique fusion of Afro-Brazilian movement, traditional and contemporary dance, Capoeira, and traditional martial arts based on the music and dance of Brazilian culture. 

    If you live in San Diego or are visiting, you can enter for a chance to win 2 FREE tickets to this show!

    To participate you just have to like our Facebook pages, Patflor (here) and Brasil-SanDiego (here), and comment “participating” on this post.

    The result of this give away will be revealed in both Facebook pages, Patflor and Brasil-SanDiego, on Friday, March 8th!

    Good Luck!

    Love, Patflor

    COPLEY SYMPHONY HALL
    750 B Street

    San Diego, CA 92101

     
  • Permalink | Responder

    Morar Foraby Paula

    12 December 2012Tags: , Morar Fora, San Diego  

    Recentemente temos recebido vários e-mails com perguntas sobre a nossa decisão de morar fora do Brasil. A maioria quer saber das vantagens e do que sentimos falta. Por isso, selecionei as 5 maiores razões para morar nos EUA e os top motivos para sempre visitar o Brasil.

    Eu acredito que passar um tempo fora do país de onde você nasceu tem inúmeras vantagens. É uma experiência enriquecedora, não apenas por se aprender uma outra língua mas, principalmente, pela exposição a uma nova cultura e hábitos. A experiência abre a nossa mente e amplia a nossa visão do mundo. Como no poema de Tom Jobim: “Morar em outros países é se surpreender com você mesmo. É se descobrir e notar que na verdade, você não conhecia a fundo algo que sempre achou que conhecia muito bem: você mesmo“.

    Atualmente, o governo tem vários programas de incentivo para jovens passarem um tempo fora do Brasil. Que tal aproveitar essa oportunidade e formar a sua própria opinião? Nem que seja um intercâmbio de 6 meses ou 1 ano!

    Vale lembrar que, cada um de nós tem objetivos e opiniões diferentes e que o que se aplica para uns, não vale para todos. Por isso o importante é ter respeito pela escolha de cada um e buscar ser feliz sempre! Seja onde for!

    Love, Patflor

     
    • Carlos Eduardo Webber 22 February 2013 Permalink | Responder

      Faz
      bastante tempo que quero ir pro exterior pra ganhar essa experiência. Fiquei
      sabendo de uns programas de trabalho e to pensando seriamente em ir para a Nova
      Zelândia trabalhar lá um tempo. té mais!

      • patflor 22 February 2013 Permalink | Responder

        Excelente iniciativa! Com certeza vai mudar a sua vida em varios aspectos! Boa Sorte!!!

    • Lívia 1 April 2013 Permalink | Responder

      Qual o clima de San Diego agora em Maio, vou passar um mês aí e preciso de dicas pro tipo de roupa que devo levar! Obrigada.

      • patflor 2 April 2013 Permalink | Responder

        Oi Livia, essa epoca do ano a temperatura varia bastante. A noite sempre eh mais frio, por volta de 15 graus. E durante o dia a media eh de 20-22 graus. Meu conselho eh que voce traga roupas de primavera/verao, mas tenha sempre um casaco quentinho a mao. Brasileiros normalmente acham essa epoca um pouco fria, mas eu que nao sou friorenta aguento bem e nao dispenso um vestidinho. rs San Diego eh uma cidade encantadora. Tenho certeza que vai adorar! E se precisar de qualquer ajuda ou sugestao eh so falar ;)
        Beijinhos

  • Permalink | Responder

    Movember no Club Mby Pat

    19 November 2012Tags: Club M, festa beneficente, Grand Del Mar Hotel, , San Diego  

    O Club M, badalado nightclub e restaurante que fica no Grand Del Mar Hotel, em San Diego-Ca, ofereceu uma festa beneficente para a fundação Movember, em prol de pesquisas com câncer de próstata nesse fim de semana. O Club M funciona como restaurante durante o dia, sendo uma ótima opção para se encontrar a família e amigos para um almocinho ou drinks, pois os cenários são maravilhosos. À noite o club se transforma em um lugar para se dançar, conhecer pessoas e socializar ao som de música ao vivo e Djs.

    Um happy-hour bastante descontraído abriu o evento no lounge bar do Club M. Todos os convidados, homens e mulheres, usavam bigodes e alguns se vestiram como personagens famosos. Algumas horas e “tim-tims” mais tarde, o nightclub abriu suas portas ao som de banda ao vivo, com aquelas músicas que todo mundo sabe a letra e canta junto – muito legal. Por fim, como todo bom club, os DJs “arrasaram” no techno. O Patflor participou, contribuiu e registrou o evento.

     Para saber mais sobre o movimento Movember, confira nosso post da semana passada aqui!

    Love, Patflor

     
  • Permalink | Responder

    FWSD: Meet & Greet Mixer with Designersby Pat

    3 October 2012Tags: , , , San Diego  

    Estamos em plena semana do Fashion Week San Diego, evento que celebra moda, destacando e promovendo designers locais. O FWSD 2012 estará apresentando doze designers com coleções de ready to wear, bijuteria, roupa esportiva e plus size.

    O primeiro evento aberto ao público aconteceu nesta 3ª feira, dia 2, onde os doze designers participantes do FWSD interagiam com todos (mixer), conversando, posando para fotos e comemorando. Foi bem legal!

    Love, Patflor

    Roppongi Restaurant and Sushi Bar, 875 Prospect Street, La Jolla, CA 92037

    Designers:

    A’Doreus
    Andre Soriano
    Creative-Fashionista
    Dos Caras
    Erin Fader Jewelry Designs
    Jessica Faulkner
    Kenneth Barlis
    Love Is A Devil
    nOia Collection
    Paul Rico
    Stacie May
    SYC Collection

     
  • Permalink | Responder

    A Forrozeira é Funkby Paula

    1 October 2012Tags: BraziCali, , San Diego  

    Só dá Brasil em San Diego!

    A BraziCali Eventos promoveu nessa última sexta-feira mais uma festa Brasileira de sucesso. Com a proposta de misturar diferentes estilos de música, a festa “A Forrozeira é Funk”, não deixou ninguém parado! A noite começou em grande estilo com o cantor de Pop Rock Nacional, André Monari. Depois foi a vez da banda de forró, Zaboomba, aproximar casais e lotar o salão. Para finalizar, o MC Lyonlu e as dançarinas do BraziCali Dance Group, comandaram o funk e fizeram a alegria dos gringos e brasileiros!

    A festa foi super animada e todos já estão ansiosos para a próxima!

    A BraziCali Eventos surgiu da união da empresária Fabiola Gomes, que há anos promove eventos brasileiros em Vegas com seu grupo de dança, e Alex Danielli, que participa da organização de vários eventos comunitários, assim como o Brazilian Day San Diego. O Objetivo da BraziCali é promover artistas, músicos e dançarinos brasileiros no Sul da Califórnia, tornando a nossa comunidade mais unida.

    Seguem algumas fotos dessa mistura de tribos!

    Love, Patflor

    Local do evento: TANGO DEL REY 3567 Del Rey Street San Diego, CA 92109

     
c
compor novo post
j
próxima post/próximo comentário
k
post anterior/comentário anterior
r
responder
e
editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
iniciar a sessão
h
mostrar/esconder ajuda
shift + esc
cancelar